Portal do Aluno

FACEBOOK

Covid-19

COVID-19

Despesas Covid-19

DESPESAS COVID-19

Despesas Covid-19

LEI PAULO GUSTAVO

PRAÇA SOLANGE MARQUES, 259 - CEP:87265-000 - CENTRO - Quinta do Sol
(44) 3567-1313
Acessibilidade

Saúde

Quinta do Sol mobiliza arrastão para eliminar criadouros do Aedes aegypti

Sexta-feira, 20 de março de 2015

Última Modificação: 04/07/2017 16:14:12 | Visualizada 389 vezes


Ouvir matéria

A Secretaria de Saúde de Quinta do Sol entrou em estado de alerta ao confirmar três casos de Dengue no município neste mês de março. Os três casos são autóctones, ou seja, foram expostos à doença dentro da própria cidade. Além destas confirmações, houve mais um caso registrado anteriormente neste ano, porém era um fato importado, a pessoa foi infectada pela Dengue em outra cidade.

Com isso, a Secretaria de Saúde e a Prefeitura de Quinta do Sol promoveram um arrastão contra a dengue na última quarta-feira, 18, que mobilizou servidores públicos de diversos setores da administração municipal.

O secretário de Saúde, Willyan de Almeida Romero afirmou que, a realização do arrastão é fundamental para reduzir o infestação do mosquito Aedes aegypti que se mostrou elevado no último levantamento realizado pela Vigilância Sanitária e os agentes de endemias. Por isso, a colaboração de toda a população na manutenção dos quintais limpos é importante para evitar uma nova epidemia.

A enfermeira Alexandra Montes de Oliveira, responsável pela Vigilância Epidemiológica, disse que, a população tem que ser informada sobre as ações para manter os quintais limpos. Pois, além da dengue, há outra doença que pode ser transmitida por mosquito, a Febre Chikungunya.

O prefeito João Claudio Romero esteve com os funcionários públicos na abertura do arrastão e agradeceu a colaboração e empenho de todos para desenvolver esta atividade e assim diminuir a possibilidade de novos casos de dengue em Quinta do Sol.

Dezenas de funcionários públicos de diversos setores passaram por todos os imóveis – casas, comércios, prédios públicos, terrenos baldios – de Quinta do Sol munidos de sacos plásticos e luvas, para recolher dos quintais todo e qualquer tipo de recipientes que pudessem acumular água e assim, se tornar um criadouro do mosquito.

A população também recebeu orientações para manter o quintal limpo, cobrir e vedar reservatórios de água, colocar areia nos vasos de plantas e lavar semanalmente bebedouros de animais.

Ao final da operação de arrastão foram coletados centenas de sacos de lixo, reduzindo o número de possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue e também, do Aedes albopictus, que pode transmitir a Febre Chikungunya. 

Fonte: Assessoria

 Galeria de Fotos

 Veja Também